segunda-feira, 5 de abril de 2010

Em Tempo de Páscoa


Dos mais premiados (11 estatuetas) filmes de sempre: Ben-Hur (1959), de William Wyler, com Charlton Heston passou neste Domingo num horário lamentável (hora de almoço, na RTP2). Em dia de Páscoa com o tempo vamos apercebendo que os épicos clássicos, em especíal de Biblia vão perdendo terreno e dando lugar a filmes de "espectáculo" e mero entretenimento. Se antes podíamos oferecer um cinema versímil hoje a nova geração perde uma parcela valiosa do cinema ao tirar do horário nobre em tempo de Páscoa filmes como Ben Hur ou os Dez Mandamentos. Filmes esses que me influenciaram no ponto de perspectiva de ver o cinema com "outros olhos". Enfim, é uma nova era a que assístimos donde vinga a moda 3D.

Sem comentários:

Enviar um comentário